5 principais tipos de alimentos saudáveis

5 principais tipos de alimentos saudáveis

O planejamento de refeições para mães e futuras mães pode ser um desafio. Com cinco tipos principais de alimentos saudáveis ​​para escolher, no entanto, uma variedade abundante de pratos nutritivos está disponível. Uma dieta composta pelos cinco principais tipos de alimentos saudáveis ​​fornece uma variedade de vitaminas, minerais, proteínas, carboidratos e gordura saudável. Familiarizando-se com os diferentes tipos de alimentos saudáveis, você pode ajudar a garantir que sua família receba os nutrientes vitais necessários para manter a saúde ideal.

Legumes e Legumes

Legumes fornecem nutrientes importantes para a saúde e manutenção do seu corpo. Os vegetais são naturalmente pobres em gordura e calorias e não contêm colesterol. Eles são embalados com vitaminas como o folato, que ajuda na formação de glóbulos vermelhos e é importante para as mulheres em idade fértil que podem engravidar. Além disso, os vegetais são ricos em vitamina A, essencial para olhos e pele saudáveis, e vitaminas C e E – poderosos antioxidantes que protegem o corpo contra os radicais livres, moléculas instáveis ​​que podem danificar as células. Fibra dietética em vegetais ajuda a reduzir os níveis de colesterol no sangue, menor risco de doenças cardíacas e prevenir a constipação. Inclua verduras, feijões, lentilhas, grão de bico, brócolis, batata-doce, cenoura, espinafre, repolho roxo e outros vegetais no seu plano alimentar.

Leia também: https://www.mulherk.com.br/phenatrim-funciona/

frutas

Enquanto legumes são rei quando se trata de benefícios nutricionais, frutas também contêm muitos nutrientes valiosos. Frutas, como legumes, são pobres em gordura, cheias de fibras, mas normalmente contêm mais calorias do que vegetais. Eles também são carregados com vitaminas, como vitamina A, folato, que ajuda a prevenir alguns defeitos congênitos, e vitamina C, que ajuda no desenvolvimento do tecido conjuntivo, cicatrização de feridas e suporte para as paredes dos vasos sanguíneos. Inclua frutas como abacates, bananas, frutas vermelhas, uvas, papaias, melão e frutas cítricas e sucos em sua dieta diária para garantir que você obtenha uma grande variedade de vitaminas e minerais.

Grãos integrais

Grãos integrais, como trigo, aveia, arroz, centeio, cevada, milho, milho e os alimentos feitos a partir deles, são uma parte importante de uma dieta saudável. Esses carboidratos complexos são ricos em fibras e têm naturalmente pouca gordura. Além disso, eles estão cheios de nutrientes saudáveis, como vitaminas B, que ajudam a converter alimentos em energia, e vitamina E, que pode proteger contra o câncer de próstata. Grãos integrais também contêm minerais como o cobre, que ajuda a produzir glóbulos vermelhos; magnésio, que é necessário para reações químicas em seu corpo; manganês, que ajuda a formar ossos; potássio, que mantém um batimento cardíaco constante; e selênio, que age como um antioxidante.

Proteína

Cada célula do seu corpo contém proteínas. É o principal componente da pele, músculos, órgãos e glândulas. Todos os fluidos corporais, exceto bile e urina, contêm proteína. Seu corpo precisa de proteína para reparar células e transportar nutrientes. De acordo com a Universidade de Maryland Medical Center, a proteína é crucial para a divisão celular e reprodução, bem como o crescimento e desenvolvimento durante a infância, adolescência e gravidez. É encontrado em peixes; em fontes animais, como aves, carne, laticínios e ovos; e em fontes vegetais, que incluem feijão, legumes, ervilhas, nozes, sementes, soja e alguns produtos de grãos.

Laticínios

Alimentos com baixo teor de gordura fazem parte de uma dieta saudável. Eles são ricos em cálcio, o que é importante no desenvolvimento de ossos e dentes saudáveis. A maior parte do leite é fortificada com vitamina D, que ajuda o intestino delgado a absorver o cálcio. Os produtos lácteos contêm proteínas; vitamina B-12, que protege as células nervosas e pode reduzir o risco de doença cardíaca; e vitamina K, que ativa proteínas e cálcio essenciais à coagulação sanguínea. Segundo a Harvard Medical School, os laticínios, como o leite, também contêm magnésio, que ajuda a regular a pressão sanguínea; fósforo, que ajuda a construir e proteger ossos e dentes; e potássio, que é necessário para contrações musculares. Comer laticínios fermentados – ou probióticos -, como iogurte ou kefir, ajuda a restabelecer um equilíbrio bacteriano saudável no trato digestivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *