Drenagem linfática emagrece?

Drenagem linfática emagrece?

A drenagem linfática emagrece devido à retirada de excesso de líquidos e de toxinas do organismo. A drenagem linfática tem outros benefícios, como combater a celulite, melhorar o circulação sanguínea, eliminar o inchaço e é o complemento essencial para diversos procedimentos de estética, como a lipocavitação e a radiofrequência, por exemplo.

Leia também: Phytophen funciona

Estes procedimentos atuam na camada de gordura e acabam por liberar uma série de toxinas no organismo. Com a drenagem linfática, essas toxinas são direcionadas para os gânglios linfáticos e, posteriormente, eliminadas através da urina. O que garante a eficácia do tratamento.

Leia também: Kifina funciona

Para emagrecer com a drenagem linfática recomenda-se realizar, no mínimo, 4 sessões por semana, de corpo inteiro, e cuidar da alimentação não ingerindo gorduras, açúcares e alimentos processados. Beber 1.5 L de água ou de um chá drenante, como o chá verde, por exemplo, é importante para manter o organismo devidamente hidratado e eliminar ainda mais toxinas.

Leia também: Drenagem Linfática funciona

Apesar da drenagem linfática ser drenante e antioxidante, ela não atua diretamente no metabolismo das gorduras. Assim, os centímetros perdidos com a drenagem linfática não representa a retirada de gordura acumulada nestes locais. Por isso, seria mais correto afirmar que a drenagem linfática desincha, e não emagrece. Mas, quando é associada à dieta, exercícios ou outras técnicas de estética, ela contribui para que o indivíduo emagreça mais facilmente.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Suco Verde

Suco Verde

Com as altas temperaturas que os termômetros têm marcado nas últimas semanas, nós só conseguimos pensar em alimentos e bebidas que refrescam, não é mesmo? Nada mais gostoso do que se refrescar e ainda ficar de olho na saúde. Por isso, vamos te falar os benefícios do suco verde e ainda ensinar a preparar duas receitas deliciosas.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Mão na massa…

Quanto mais diversificado for o suco, mais benefícios ele trará para sua saúde. Abaixo você vai aprender quais são os alimentos mais indicados para o preparo da bebida. Confira!

Leia também: Suco verde é bom

Folhas Verdes:
– Espinafre: rico em vitamina C e do complexo B, possui dois antioxidantes poderosos para a visão: luteína e zeaxantina.
– Couve: é fonte de magnésio, cálcio, ácido fólico e fibras, “Ela tem o poder de fazer a detoxificação no fígado”, explica Camila Ribeiro, professora do curso de Educação Física da faculdade Anhanguera de Bauru.
Frutas:
– Abacaxi: pouco calórico, é diurético e ajuda na digestão. “Contém uma grande quantidade de vitaminas e minerais, como vitamina A, vitamina C e ferro”, esclarece Camila.
– Maçã: com alto teor de antioxidantes que previnem o corpo do estresse oxidativo, é rica em vitamina C.
Raíz:

Leia também: Kifina funciona
– Gengibre: termogênico, ele acelera o metabolismo e, consequentemente, a queima de gordura corporal.
Águas:
– Além da mineral, que tem grande poder de hidratação e garante o bom funcionamento do intestino, Camila também sugere a água de coco, que é rica em minerais, potássio e magnésio.
E mais… A profissional indica a utilização do limão no preparo: “ele tem a função de alcalinizar o corpo, prevenindo doenças”, conclui. Além disso, uma colher de chia oferece grande quantidade de fibras.
E o verdinho?

Leia também: Phytophen funciona

A clorofila, que dá a cor verde aos alimentos, atua no sistema imunológico, aumentando o número de anticorpos e evitando o envelhecimento precoce das células. “Ela possui vitamina A, B, C e E. Além de ser fonte de ferro e impedir que o intestino absorva substâncias químicas dos alimentos, desintoxicando o organismo”, explica Thaliane Dias, professora do curso de nutrição da Faculdade Anhanguera de Brasília. A clorofila está presente nos alimentos verdes, como chicória, couve, brócolis, salsa, coentro, alface, espinafre, acelga e agrião.